O passado da periferia no presente da metrópole

Autores

  • Claudia R. Plens Departamento de História, Escola de Filosofia, Letras e Ciências Humanas, Universidade Federal de São Paulo.

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2448-1750.revmae.2016.119020

Palavras-chave:

Arqueologia Colonial, índios de Guarulhos, Sesmaria de Ururaí, patrimônio, políticas públicas patrimoniais

Resumo

Ao longo do dossiê, contribuições de diferentes áreas do conhecimento forneceram subsídios para a discussão do patrimônio, história da ocupação territorial e dos diferentes segmentos sociais que ocuparam Guarulhos. Assim sendo, este artigo articula alguns dos dados apresentados ao longo da obra, permitindo uma leitura do patrimônio e sua história desde o período da colonização até os dias atuais, mostrando como a geografia e as histórias dos lugares guardam significados de histórias pretéritas. O objetivo final é mostrar que a valorização e proteção patrimonial depende de um amplo repertório de conhecimento, que nos permite fazer escolhas baseados na história do passado

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

Censo Demográfico. 2010. Características gerais da população, religião e pessoas com deficiência. Rio de Janeiro: IBGE, 2012. Acompanha 1 CD-ROM. Disponível em: <ftp://ftp.ibge.gov.br/Censos/Censo_Demografico_2010/Caracteristicas_Gerais_Religiao_Deficiencia/caracteristicas_religiao_deficiencia. pdf>. Acesso em: mar. 2013. Couto, M. 2003. Economia – A fronteira da cultura.
Texto apresentado por Mia Couto na AMECON – Associação Moçambicana de Economistas: (30.09.2003). Disponível em: http://Referências Bibliográficaswww.macua.org/miacouto/Mia_Couto_Amecom2003.htm. Acesso em: 13 abr. 2015.
Diamond, J. 2005. Colapso – como as sociedades escolhem o fracasso ou o sucesso. Rio de Janeiro: Editora Record.
Maricato, E. 1996. Metrópole na periferia do capitalismo. São Paulo: Hucitec.
Monteiro, J.M. 1998. Negros da terra. Índios e bandeirantes nas origens de São Paulo. São Paulo: Companhia das Letras. 172
O passado da periferia no presente da metrópole R. Museu Arq. Etn., 26: 163-172, 2016
Santos, H. (Coord.). 2014. Infância e violência: cotidiano de crianças pequenas em favelas e cortiços de São Paulo, Pimentas e Água Chata (Guarulhos-SP). Relatório de Pesquisa. Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul. Centro de Análises Econômicas e Socais (CAES-PUCRS), Porto Alegre.
Santos, B.S. 1997. Uma concepção multicultural de direitos humanos. Lua Nova [online], n. 39: 105-24.
Van Dick, R.; Alcock, S.E. 2003. The Archaeologies of memories: an introduction. The Archaeology of Memory. Oxford: Blackwell Publisher:1-13.

Downloads

Publicado

2016-08-13

Como Citar

Plens, C. R. (2016). O passado da periferia no presente da metrópole. Revista Do Museu De Arqueologia E Etnologia, (26), 163-172. https://doi.org/10.11606/issn.2448-1750.revmae.2016.119020

Edição

Seção

Dossiê