Fora das grandes aldeias: o sítio Vereda III e suas informações complementares sobre sistemas de ocupação de grupos portadores de cerâmica associada à tradição Aratu-Sapucaí

Autores

  • Igor Morais Mariano Rodrigues IPHAN-MG
  • Gilberto G. Gardiman

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2448-1750.revmae.2016.137284

Palavras-chave:

Sítio Vereda III, Tradição Aratu-Sapucaí, Análise espacial, Lagoa Santa.

Resumo

Situado em meio a um maciço calcário, em um local escondido na paisagem, ladeado de paredões rochosos e abrigos, o Sítio Vereda III (Região de Lagoa Santa/Minas Gerais) é fruto de uma pretérita ocupação, até então, inusitada para os dados bibliográficos disponíveis sobre grupos cuja cerâmica é atribuída à tradição Aratu-Sapucaí. O sítio apresentou um contexto arqueológico praticamente intacto, aqui interpretado como um refugo de fato de produção e
consumo de objetos e alimentos que, com grandes chances, estavam relacionados a um ou mais festins. Considerando que a tradição ceramista em questão é, na Arqueologia Brasileira, atribuída a grupos indígenas falantes do tronco linguístico Macro-Jê, este trabalho, sucintamente, apresenta uma forma de ocupação distinta daquelas a céu aberto, compreendendo-as como complementares entre si.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Igor Morais Mariano Rodrigues, IPHAN-MG

Mestre em Antropologia, área de concentração Arqueologia, PPGAN-UFMG

 

Gilberto G. Gardiman

Graduação em Antropologia, habilitação Arqueologia,
UFMG; Engenheiro de alimentos, Mestrado em Planificação
em Alimentação e Nutrição.

Downloads

Publicado

2016-12-24

Como Citar

Rodrigues, I. M. M., & Gardiman, G. G. (2016). Fora das grandes aldeias: o sítio Vereda III e suas informações complementares sobre sistemas de ocupação de grupos portadores de cerâmica associada à tradição Aratu-Sapucaí. Revista Do Museu De Arqueologia E Etnologia, (27), 103-110. https://doi.org/10.11606/issn.2448-1750.revmae.2016.137284