Peixes, constelações e Jurupari: a pequena enciclopédia amazônica de Stradelli

Autores

  • Gordon Brotherston Stanford University
  • Lúcia Sá Stanford University

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2448-1750.revmae.2004.89694

Palavras-chave:

Amazônia, Rio Negro, Culturas indígenas, Jurupari, Agricultura, Música, Astronomia.

Resumo

Além de ser um valioso testemunho da importância do nheengatu na história da cultura brasileira, o Vocabulário Português Nheengatu - Nheengatu Português de Ermano Stradelli pode ser lido e consultado como uma enciclopédia da cultura amazônica, isto é, como uma fonte ainda atual de informações sobre a complexidade da vida na grande floresta. Tal complexidade é aparente na abundância de verbetes dedicados à pesca e à caça, por exemplo, mas também nos comentários – às vezes um tanto pessoais – de Stradelli sobre as culturas indígenas, e sobretudo nas descrições mais aprofundados de certos fenômenos, como é o caso do jurupari. A partir da comparação dos verbetes que tratam das tradições do jurupari no Vocabulário com as “lendas” incluídas no apêndice, e com a Lenda do Jurupari publicada três décadas antes pelo mesmo Stradelli, pode-se compreender melhor os significados sociais e astronômicos desse fenômeno.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2004-12-09

Como Citar

Brotherston, G., & Sá, L. (2004). Peixes, constelações e Jurupari: a pequena enciclopédia amazônica de Stradelli. Revista Do Museu De Arqueologia E Etnologia, (14), 345-358. https://doi.org/10.11606/issn.2448-1750.revmae.2004.89694

Edição

Seção

Estudos bibliográficos