A Simylla do Périplo do Mar Eritreu: escavação arqueológica do antigo sítio portuário de Chaul na costa oeste de Mahàràùñra – Índia

Autores

  • Vishwas D. Gogte Deccan College Post-Graduate and Research Institute. Pune, Mahàràùñra, Índia.
  • Cibele E.V. Aldrovandi Universidade de São Paulo. Museu de Arqueologia e Etnologia

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2448-1750.revmae.2006.89721

Palavras-chave:

Índia Antiga, Arqueologia, Economia, Sàtavàhana, Roma, Budismo

Resumo

O artigo apresenta os resultados da pesquisa arqueológica realizada pela equipe do Deccan College Post-Graduate and Research Institute no sítio portuário de Chaul, mencionado nas fontes textuais da antiguidade como um dos maiores centros comerciais da costa oeste da Índia. As evidências arqueológicas recuperadas nas explorações e escavações comprovaram sua existência desde os períodos Maurya e Sàtavàhana. Fragmentos de ânforas romanas também foram encontrados. Três conjuntos de grutas budistas associados ao período Sàtavàhana foram explorados junto ao sítio de Chaul. A ocupação continuada de Chaul foi atestada por mais de 2000 anos, até o século XVII, época em que o porto perdeu sua importância econômica para Mumbai.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Cibele E.V. Aldrovandi, Universidade de São Paulo. Museu de Arqueologia e Etnologia

Doutora em arqueologia pelo Museu de Arqueologia e Etnologia da Universidade de São Paulo.

Downloads

Publicado

2006-12-14

Como Citar

Gogte, V. D., & Aldrovandi, C. E. (2006). A Simylla do Périplo do Mar Eritreu: escavação arqueológica do antigo sítio portuário de Chaul na costa oeste de Mahàràùñra – Índia. Revista Do Museu De Arqueologia E Etnologia, (15-16), 247-269. https://doi.org/10.11606/issn.2448-1750.revmae.2006.89721

Edição

Seção

Artigos