Indústrias líticas em sítios cerâmicos na Amazônia: um estudo do sítio Domingos, Canaã dos Carajás, Pará

Autores

  • Lucas Bueno Universidade Federal de Minas Gerais. Museu de História Natural
  • Edithe Pereira Museu Paraense Emílio Goeldi

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2448-1750.revmae.2007.89758

Palavras-chave:

Tecnologia lítica, Tecnologia, Sítio cerâmico, Área de atividade, Processo de formação de sítio

Resumo

O presente artigo apresenta os resultados do estudo do material lítico coletado durante as escavações arqueológicas realizadas no âmbito do “Programa de Arqueologia Preventiva na Área da Mineração Serra do Sossego”. A análise do material lítico centrou-se na coleção oriunda das escavações realizadas no sítio Domingos. Essas escavações ocorreram em diferentes momentos, ao longo dos anos de 2003 a 2005. Os objetivos desta análise envolveram a identificação das matérias-primas utilizadas, a caracterização do processo de apropriação de cada uma delas, a definição de indicadores de áreas de atividade através da caracterização dos tipos de modificação produzida nos artefatos da coleção e a distribuição espacial dos vestígios em estratigrafia, de forma a investigar a existência de mais de uma ocupação do sítio Domingos. A partir dos resultados da análise tecnológica e da distribuição dos vestígios líticos intra-sítio, levantamos uma hipótese a respeito do processo de formação deste sítio arqueológico e ressaltamos o potencial de estudos sobre tecnologia lítica em contextos ceramistas.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2007-12-03

Como Citar

Bueno, L., & Pereira, E. (2007). Indústrias líticas em sítios cerâmicos na Amazônia: um estudo do sítio Domingos, Canaã dos Carajás, Pará. Revista Do Museu De Arqueologia E Etnologia, (17), 99-126. https://doi.org/10.11606/issn.2448-1750.revmae.2007.89758

Edição

Seção

Artigos