Casa do Kukurro – tradição cultural e sua influência na amplificação e manutenção da diversidade em uma roça

Autores

  • Fábio de Oliveira Freitas Embrapa Recursos Genéticos e Biotecnologia
  • Sandra Beatriz Barbosa de Cerqueira Zarur Embrapa Recursos Genéticos e Biotecnologia

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2448-1750.revmae.2007.89806

Palavras-chave:

Índio, Conservação on farm, Mandioca, Ritos, Mitos

Resumo

Este trabalho apresenta pela primeira vez uma tradição cultural, a qual possui forte impacto na diversidade alimentar manejada por índios do parque indígena do Xingu. A “casa do Kukurro”, ou casa do espírito da lagarta consiste na construção de dois montes ou covas nos quais todas as variedades de mandioca – Manihot esculenta Crantz manejadas pelo agricultor ficam reunidas. A crença é de que esta prática fortalece a energia das plantas cultivadas na roça. Em termos evolutivos, o agrupamento das diferentes variedades facilita a sua recombinação, aumentando a chance de novas variedades surgirem. O trabalho exemplifica como é importante preservar a diversidade cultural de populações tradicionais, dentre outras razões, por guardarem formas de manejo singulares e desconhecidas em temas amplamente estudados.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2007-12-03

Como Citar

Freitas, F. de O., & Zarur, S. B. B. de C. (2007). Casa do Kukurro – tradição cultural e sua influência na amplificação e manutenção da diversidade em uma roça. Revista Do Museu De Arqueologia E Etnologia, (17), 381-389. https://doi.org/10.11606/issn.2448-1750.revmae.2007.89806

Edição

Seção

Artigos