Um tição de aroeira em contexto arqueológico: contribuição antracológica para a compreensão da relação entre o homem e o ambiente

Autores

  • Caroline Bachelet Universidade de São Paulo. Instituto de Biociências. Departamento de Botânica; Instituto de Paleontologia Humana (Paris)/Museu Nacional de História Natural. Departamento de Pré-História
  • Agueda Vilhena Vialou Instituto de Paleontologia Humana (Paris)/Museu Nacional de História Natural. Departamento de Pré-História
  • Gregorio Ceccantini Universidade de São Paulo. Instituto de Biociências. Departamento de Botânica
  • Denis Vialou Instituto de Paleontologia Humana (Paris)/Museu Nacional de História Natural. Departamento de Pré-História

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2448-1750.revmae.2011.89967

Palavras-chave:

Antracologia, Arqueologia, Paleobotânica, Madeira, Aroeira.

Resumo

A antracologia fornece diferentes informações sobre a utilização de recursos vegetais pelas populações pré-históricas do Holoceno seja na dieta alimentar ou no uso da matéria prima como combustível, para as atividades cotidianas (luz, cozinha, calor). Um tição carbonizado, resto vegetal raramente encontrado, foi descoberto em sedimentos arqueológicos datados de 2820±30 anos AP (2914±40 anos cal. AP) associado aos vestígios materiais dos primeiros povos ceramistas da região do Mato Grosso, no abrigo rupestre Ferraz Egreja (Rondonópolis, Mato Grosso). A análise antracológica do tição permitiu a identificação da aroeira. A abordagem ecológica e paleobotânica desse resultado permitiu discutir sobre a identificação desta amostra e sobre o uso, a seleção e o lugar de coleta deste recurso vegetal pelos grupos humanos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2011-12-09

Como Citar

Bachelet, C., Vialou, A. V., Ceccantini, G., & Vialou, D. (2011). Um tição de aroeira em contexto arqueológico: contribuição antracológica para a compreensão da relação entre o homem e o ambiente. Revista Do Museu De Arqueologia E Etnologia, (21), 115-127. https://doi.org/10.11606/issn.2448-1750.revmae.2011.89967

Edição

Seção

Artigos

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)