Estudio de público de museos: el aporte teórico-metodológico de la semiótica

Autores

  • María Marta Reca Facultad de Ciencias Naturales y Museo. Universidad Nacional de La Plata (UNLP)

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2448-1750.revmae.2011.89983

Palavras-chave:

Semiótica simbólica, Aproximação qualitativa, Comunicação, Museus, Estudos de público

Resumo

Nos últimos anos a necessidade de conhecer com maoir profundidade a experiência da visita e indagar sobre a forma em que os visitantes interpretam a proposta expositiva tornaram-se relevantes. A semiótica nos proporciona um conjunto de instrumentos teórico/empíricos para a aplicação de um método preciso que nos permita dar conta do processo de produção, comunicação e transformação do significado. De um ponto de vista construtivista e cognitivo, aplicando a análise de discurso pretende-se avaliar a eficácia comunicativa de uma sala de exposição do Museu de La Plata (UNLP). Busca-se construir um modelo estabelecendo relações entre o contexto de representação, a sala de exposição, e o contexto de apropriação, os discursos produzidos pelos visitantes no momento da visita.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Publicado

2011-12-09

Como Citar

Reca, M. M. (2011). Estudio de público de museos: el aporte teórico-metodológico de la semiótica. Revista Do Museu De Arqueologia E Etnologia, (21), 369-381. https://doi.org/10.11606/issn.2448-1750.revmae.2011.89983

Edição

Seção

Artigos