A etnografia musical como meio de desenvolvimento artístico: um relato

Autores

  • Chico Saraiva

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2316-9036.v0i111p89-98

Palavras-chave:

etnografia, violão, canção, processos de criação musical, etnomusicologia

Resumo

Este artigo apresenta um relato sobre a etnografia musical desenvolvida na dissertação de mestrado intitulada Violão-Canção: Diálogos entre o Violão Solo e a Canção Popular do Brasil. Baseado em entrevistas com sete mestres referenciais no campo estudado – João Bosco, Sérgio Assad, Luiz Tatit, Paulo Bellinati, Paulo César Pinheiro, Marco Pereira e Guinga –, o trabalho se desenvolve por meio dos pontos de contato entre os campos do violão e da canção, bem como entre as esferas de realização artística e científica, se valendo tanto de recursos próprios da música erudita – ligada à partitura e à tradição escrita – quanto de recursos correntes no âmbito da canção popular, que vê na gravação em áudio e vídeo um suporte efetivo. Assim, o projeto gera um aparato próprio de ferramentas que vêm formatando o conteúdo de seus desdobramentos, que aos poucos são lançados, tais como o filme, o livro e o site

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Chico Saraiva

é compositor, violonista, cantor e mestre em Música pela ECA-USP

Downloads

Publicado

2016-12-16

Como Citar

Saraiva, C. (2016). A etnografia musical como meio de desenvolvimento artístico: um relato. Revista USP, (111), 89-98. https://doi.org/10.11606/issn.2316-9036.v0i111p89-98

Edição

Seção

Dossiê música popular brasileira na usp