A inexistência biológica versus a existência social de raças humanas: pode a ciência instruir o etos social?

Autores

  • Sérgio D. J. Pena Universidade Federal de Minas Gerais; Departamento de Bioquímica e Imunologia
  • Telma S. Birchal Universidade Federal de Minas Gerais; Departamento de Filosofia

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2316-9036.v0i68p10-21

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2006-02-01

Como Citar

Pena, S. D. J., & Birchal, T. S. (2006). A inexistência biológica versus a existência social de raças humanas: pode a ciência instruir o etos social? . Revista USP, (68), 10-21. https://doi.org/10.11606/issn.2316-9036.v0i68p10-21

Edição

Seção

Racismo I