Lugares provisórios

  • Gilbertto Prado Universidade de São Paulo; Escola de Comunicações e Artes; Departamento de Artes Plásticas
  • Cláudio Bueno Universidade de São Paulo; Escola de Comunicações e Artes; Programa de Pós-Graduação em Artes Visuais
Palavras-chave: arte, lugar, mobilidade, nômade-telemático

Resumo

As experimentações com arte e rede vêm-se multiplicando nesses últimos decênios com a utilização, pelos artistas, de diversas formas de realização, produção e distribuição. Pretendemos trazer algumas indagações sobre criação, processo e experimentação artística, sob o foco de arte em rede, com o uso de dispositivos móveis, em deslocamento, avaliando noções em torno do lugar e da mobilidade. Para tanto, trazemos também noções de pertencimento, territorialização, desterritorialização, aproximações e distinções entre as artes locativas e site-specific. Por fim, apontamos o nômade-telemático, sem necessariamente nodos fixos de conexão com as redes online, que transita em seus percursos mistos, entre espaços físicos e virtuais.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2010-08-01
Como Citar
Prado, G., & Bueno, C. (2010). Lugares provisórios . Revista USP, (86), 78-95. https://doi.org/10.11606/issn.2316-9036.v0i86p78-95
Seção
Dossiê