Chegando a Springfield: humor e sátira na série Os Simpsons

Autores

  • Chantal Herskovic

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2316-9036.v0i88p100-111

Palavras-chave:

televisão, seriado, mídia, desenho animado, sátira, paródia

Resumo

Este estudo analisa a série animada Os Simpsons como um programa televisivo de apelo crítico, que mostra uma visão irônica e satírica da sociedade contemporânea, apresentando seu formato de desenho animado seriado de comédia de situações para uma audiência juvenil e adulta. A série foi escolhida como objeto de estudo por ser um marco na história da televisão, tornando-se a série de comédia há mais tempo no horário nobre e que provocou a volta do desenho animado para esse horário tendo como foco uma audiência mais madura. Analisando a série, é possível apontar que os intertextos, as sátiras e as críticas à sociedade, assim como uma autocrítica em relação à própria série, ou à mídia em que é veiculada, tornaram-se uma de suas características principais.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2011-02-01

Como Citar

Herskovic, C. (2011). Chegando a Springfield: humor e sátira na série Os Simpsons . Revista USP, (88), 100-111. https://doi.org/10.11606/issn.2316-9036.v0i88p100-111

Edição

Seção

Dossiê