Antonio Candido e as letras, na Fapesp

  • Antonio Dimas
Palavras-chave: Fapesp; Antonio Candido; Instituto de Estudos Brasileiros; Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras; USP.

Resumo

A Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (Fapesp) foi criada, por lei, em outubro de 1960 e implantada em maio de 1962, sob o governo Carvalho Pinto. Sua função principal é a de estimular, amparar e defender a política científica do estado de São Paulo realizada nos mais diversos setores de produção do conhecimento dentro do território paulista. Originária da preocupação acadêmica de engenheiros, médicos e biólogos dedicados à pesquisa, a Fapesp desenvolveu-se de modo rápido e eficaz e, pouco tempo depois de sua criação, acolheu a inserção das letras em seu repertório, onde já figuravam as ciências sociais e a história. Neste artigo, relata-se como se operou essa inserção graças ao empenho de Antonio Candido, da FFCL-USP

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Antonio Dimas

é professor titular de Literatura Brasileira da Universidade de São Paulo

Publicado
2018-09-03
Como Citar
Dimas, A. (2018). Antonio Candido e as letras, na Fapesp. Revista USP, (118), 29-48. https://doi.org/10.11606/issn.2316-9036.v0i118p29-48
Seção
Dossiê 100 anos de Antonio Candido