Leitura crítica de um manifesto feminista populista

  • Teresa Orozco Martínez Universidade Livre de Berlim. Instituto de Estudos Latino-Americanos
  • Martha Zapata Galindo Universidade Livre de Berlim. Instituto de Estudos Latino-Americanos
Palavras-chave: feminismo dos 99%, neoliberalismo, anticapitalismo, antigenerismo

Resumo

No presente artigo, propomos uma leitura crítica do Feminismo para os 99% - um manifesto que, retomando o slogan do movimento Occupy, faz um chamado para construir uma aliança global entre os diversos feminismos das greves de 8 de março e das marchas contra Trump nos Estados Unidos. Interessa-nos discutir os caminhos que as autoras desse texto, Cinzia Arruzza, Tithi Bhattacharya e Nancy Fraser, propõem para criar um bloco hegemônico que possa enfrentar e transformar as políticas do capitalismo neoliberal. Ao mesmo tempo, queremos chamar atenção sobre os riscos implicados numa proposta política que articula um feminismo populista operando com antagonismos abstratos que reproduzem esquecimentos históricos e hierarquias epistêmicas entre o norte e o sul global e polarizam com os feminismos atuais.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2019-09-25
Como Citar
Martínez, T., & Galindo, M. (2019). Leitura crítica de um manifesto feminista populista. Revista USP, (122), 71-86. https://doi.org/10.11606/issn.2316-9036.v0i122p71-86
Seção
dossiê feminismos