Álcool e direção veicular

  • Maria Helena P. de Mello Jorge Universidade de São Paulo
  • Flávio Emir Adura Associação Brasileira de Medicina de Tráfego
Palavras-chave: álcool, direção veicular, acidentes de trânsito.

Resumo

A partir dos padrões de consumo doálcool no Brasil, o trabalho analisa o problema do risco que representa paraa direção veicular. Mostra como, onde epor que o álcool interfere no ato de dirigire apresenta resultados de investigações que comprovam a influência nefasta que exerce nas vítimas de acidentes de trânsito. Analisa aspectos relativos aoslimites de tolerância do álcool no sanguee conclui pela pertinência da chamada Lei Seca, que, segundo pesquisas, mostrou ser eficaz no sentido de fazer diminuir osnúmeros relativos à mortalidade, às internações hospitalares, ao resgate de vítimasde acidentes de trânsito feito pelo Samu.Em razão dos achados, apresenta, como recomendação final, o estabelecimento de políticas públicas em defesa da sociedade que, por se sobreporem ao interesse individual, devem ser incentivadas.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Maria Helena P. de Mello Jorge, Universidade de São Paulo
Professora associadada Faculdade de Saúde Pública e professora sênior da Universidade de São Paulo
Flávio Emir Adura, Associação Brasileira de Medicina de Tráfego
Diretor científico da Associação Brasileirade Medicina de Tráfego (Abramet).
Publicado
2013-02-28
Como Citar
Jorge, M. H., & Adura, F. (2013). Álcool e direção veicular. Revista USP, (96), 23-36. https://doi.org/10.11606/issn.2316-9036.v0i96p23-36
Seção
Dossiê