[1]
A. Lemos, “ Jogos móveis locativos: Cibercultura, espaço urbano e mídia locativa” , Rev. USP, nº 86, p. 54-65, ago. 2010.