[1]
M. M. JAROUCHE, “TRIBULAÇÕES DO TERCEITO XEIQUE - DUAS VERSÕES DE UM CONTO DAS MIL E UMA NOITES”, Rev. USP, nº 31, p. 142-149, nov. 1996.