[1]
R. Hafez, “Niestzsche - Um "crítico" da ciência”?, REVUSP, nº 28, p. 232-244, mar. 1996.