[1]
L. Vasconcelos, A indispensável visão dos economistas, Rev. USP, nº 10, p. 65-68, ago. 1991.