Onze de setembro: relevância da cooperação judiciária internacional

  • Rodrigo Elian Sanchez
Palavras-chave: Globalização, Ameaças difusas, Cooperação judiciária internacional.

Resumo

Em um contexto cada vez mais complexo e internacionalizado, as ameaças também se propagam de forma difusa, aproveitando-se das novas possibilidades de ação que a globalização traz à tona, ameaças estas simbolizadas pelo atentado terrorista de 11 de setembro de 2001, contra o WTC e o Pentágono. Apenas a coordenação dos esforços dos Estados pode garantir a realização de um mundo dividido em unidades políticas soberanas. Pois se as fronteiras como expressão da soberania forem utilizadas como forma de evasão à lei, a própria legitimidade dos Estados estará comprometida na medida em que a legitimidade caminha de mãos dadas com a eficácia. Diante desses desafios, de um mundo cada vez mais interligado, destaca-se a importância da cooperação judiciária internacional como instrumento de política pública.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2002-01-01
Como Citar
Sanchez, R. E. (2002). Onze de setembro: relevância da cooperação judiciária internacional. Revista Da Faculdade De Direito, Universidade De São Paulo, 97, 481-496. Recuperado de http://www.revistas.usp.br/rfdusp/article/view/67559
Seção
Não definido