A importância da integração México-Mercosul para a negociação da ALCA

  • Ana Paula Martinez
Palavras-chave: ALCA, ALCA e Mercosul, Integração regional.

Resumo

O processo de criação da Área de Livre Comércio das Américas entrou em sua fase final de negociação. Os Estados Unidos tentam impor o modelo no qual o país seria o eixo dos acordos bilaterais, o que poderia acabar por levá-lo a ser o único juiz do processo de integração do continente americano. Cabe às duas potências regionais da América Latina, Brasil, juntamente com o Mercosul, e México, unirem-se com o intuito de barrar a tentativa norte-americana de conduzir o processo de forma unilateral, contribuindo para o equilíbrio das relações nas Américas. Porém, para obter sucesso nessa empreitada, faz-se necessário uma integração México-Mercosul não num modelo “5+1”, devido à peculiaridade das relações que o México tem com os Estados Unidos, mas numa relação que poderia ser expressa da seguinte forma: “(4+1)+1”.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2003-01-01
Como Citar
Martinez, A. P. (2003). A importância da integração México-Mercosul para a negociação da ALCA. Revista Da Faculdade De Direito, Universidade De São Paulo, 98, 583-597. Recuperado de http://www.revistas.usp.br/rfdusp/article/view/67604
Seção
Não definido