O poder regulamentar das agências em matéria sanitária

  • Ricardo Pires Calciolari
Palavras-chave: Direito Sanitário, Poder regulamentar, Agências reguladoras, Vigilância sanitária, Saúde suplementar, Planos de saúde.

Resumo

O escopo principal do presente artigo é o estudo do poder regulamentar das agências em matéria sanitária. Para tanto iniciamos com uma análise sociológica do risco na sociedade moderna e da relação entre o risco e políticas regulatórias. Após, fizemos um estudo do poder regulamentar, delineando um novo conceito de legalidade que levará em consideração as conexões entre a democracia representativa e a segurança jurídica no âmbito da saúde. Por fim, um estudo específico da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e da Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) foi efetuado, trazendo decisões das cortes sobre a amplitude regulamentar no Direito Sanitário.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2008-01-01
Como Citar
Calciolari, R. P. (2008). O poder regulamentar das agências em matéria sanitária. Revista Da Faculdade De Direito, Universidade De São Paulo, 103, 893-927. Recuperado de http://www.revistas.usp.br/rfdusp/article/view/67833
Seção
Trabalhos Acadêmicos de Pós-Graduação