A verdade factual relativa nas decisões judiciais: um diálogo interdisciplinar com o filme doze homens e uma sentença

  • Mara Regina de Oliveira
Palavras-chave: Decisão, Silogismo, Verdade. Linguagem, Justiça, Cinema, Direito, Interpretação.

Resumo

Este artigo parte da hipótese de que a decisão jurídica não se reduz a um silogismo jurídico, o qual se restringiria à exposição declaratória e mecanicista da norma geral. A verdade factual não pode ser captada pelo Direito, no momento de sua aplicação prática. Ela é substituída pelo pela ideia de “fato verificado juridicamente”, o raciocínio decisório é constitutivo porque envolve um discurso hermenêutico complexo. Em uma perspectiva interdisciplinar, analisamos a linguagem imaginética do filme Doze Homens e uma sentença (Sidney Lumet, 1957).

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2010-01-01
Como Citar
Oliveira, M. R. de. (2010). A verdade factual relativa nas decisões judiciais: um diálogo interdisciplinar com o filme doze homens e uma sentença. Revista Da Faculdade De Direito, Universidade De São Paulo, 105, 535-558. Recuperado de http://www.revistas.usp.br/rfdusp/article/view/67913
Seção
Filosofia do Direito