O programa de estudos de justiniano para as escolas de direito do Império Bizantino. A Constituição omnem, a reorganização dos cursos e o "novo método" de ensino jurídico no "período dos antecessores"

  • Edson Kiyoshi Nacata Junior
Palavras-chave: Constitutio “Omnem”, Compilação justinianéia, Reorganização dos estudos jurídicos, “Antecessores”.

Resumo

Em larga síntese, percorrem-se, neste estudo, os delineamentos da reforma dos estudos jurídicos sob Justiniano com base nas informações da constitutioOmnem”, de 533 d. C., dirigida aos professores de direito das escolas de Constantinopla e Beirute, e também as características gerais de alguns dos métodos de transmissão do direito compilado pelos “antecessores”, que lecionaram no período de 533 a 565 d. C.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2010-01-01
Como Citar
Nacata Junior, E. K. (2010). O programa de estudos de justiniano para as escolas de direito do Império Bizantino. A Constituição omnem, a reorganização dos cursos e o "novo método" de ensino jurídico no "período dos antecessores". Revista Da Faculdade De Direito, Universidade De São Paulo, 105, 647-685. Recuperado de http://www.revistas.usp.br/rfdusp/article/view/67917
Seção
Trabalhos Acadêmicos de Pós-Graduação