Formas alternativas de administração da educação: um estudo de caso: a Escola Rudolf  Steiner de São Paulo

  • Maria Cecília Sanchez Teixeira
Palavras-chave: Formas alternativas de administração, Organização, Pedagogia Waldorf

Resumo

O objetivo deste artigo é descrever e analisar a organização e administração de uma Escola Waldorf - a Escola Rudolf Steiner d S. Paulo - pois ela se apresenta como alternativa à administração atualmente burocratizada de nossas escolas. Partindo do pressuposto de que existe um paralelismo entre a administração de uma escola e a sua pedagogia, procuro mostrar como no caso de uma Escola Waldorf isso é verdadeiro, pois a palicação da pedagogia Waldorf, centrada na relação professor-aluno, só pode ocorrer em uma escola cuja organização e administração criem as condições necessárias a uma atuação consciente e livre do professor. Como a organização e a administração de uma Escola Waldorf fundamentam-se nos princípios antroposóficos propostos por Rudolf Steiner, num primeiro momento, descrevo, ainda que ocorrendo o risco de simplificar demais as suas idéias, algumas noções básicas de antroposofia, bem como a proposta de organização social e a concepção pedagógica dela decorrentes. A seguir, partindo da análise de alguns princípios gerais estabelecidos por Steiner para a organização da Escola, descrevo e analiso a sua estrutura organizacional e alguns aspectos do seu funcionamento como a administração financeira e de pessoal, por divergirem das práticas administrativas usuais.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
1986-12-01
Seção
Colaborações