Sobre a estabilidade da vitamina B, em soluções para uso hipodérmico

Autores

  • Lucia Aché Universidade de São Paulo, Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia, Departamento de Química Orgânica e Biológica, São Paulo, SP
  • O. F. Ribeiro Universidade de São Paulo, Escola Politécnica, São Paulo, SP

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2318-5066.v3i1/2p27-30

Palavras-chave:

O artigo não apresenta palavras-chave.

Resumo

For verificado que substâncias tais como a glicocóla, xantina, cloretona e riboflavina não exercem ação protetora sobre a estabilidade da tiamina em soluções isotônicas dosando 10 mg de vitamina B1 por centímetro cúbico. Por outro lado, mesmo em presença de diferentes substâncias usadas com o fim de isotonização, o sulfito de sódio decompõe a tiamina. Esta conserva-se razoavelmente bem quando dissolvida em soluções isotonizadas pela glicose, sacarose, levulose ou inositol.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

1945-12-15

Como Citar

Aché, L., & Ribeiro, O. F. (1945). Sobre a estabilidade da vitamina B, em soluções para uso hipodérmico. Revista Da Faculdade De Medicina Veterinária, Universidade De São Paulo, 3(1/2), 27-30. https://doi.org/10.11606/issn.2318-5066.v3i1/2p27-30

Edição

Seção

NÃO DEFINIDA