Membros flexionados um fator hereditário sub-letal, recessivo simples, nas raças sebuinas Gir e Indubrasil

Autores

  • João Soares Veiga Universidade de São Paulo, Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia, Departamento de Zootecnia Especial e Exterior dos Animais Domésticos, São Paulo, SP

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2318-5066.v3i1/2p101-108

Palavras-chave:

O artigo não apresenta palavras-chave.

Resumo

O trabalho descreve um defeito de origem hereditária, sub-letal, condicionado a um fator recessivo simples, no gado Gir e Indubrasil e que se caracteriza pela flexão dos membros, geralmente anteriores. O grau do defeito varia em intensidade desde que ora atinge apenas a articulação do boleto (metacarpo-falangeana) ora atinge a articulação do joelho (articulação do carpo). São atingidos, geralmente os dois membros de uma vez. Nos casos mais graves o animal não consegue ficar em pé e nos mais discretos, quando o faz, consegue-o difícil e penosamente. O restabelecimento do animal defeituoso é raro e os bezerros afetados não vivem sem a ajuda do homem visto que precisam de auxílio para mamar. Foram identificadas no plantel Gir estudado, cerca de 25 vacas que produziram, pelo menos uma vez, um bezerro defeituoso. Do mesmo modo foram classificados 13 touros. Esses animais foram considerados heterozigotos para o fator sub-letal. O autor examinou os "pedigrees" de todos os animais defeituosos produzidos e verificou serem todos eles, sem excepção, filhos de reprodutores que possuiam ascendentes portadores do fator. Vacas consideradas não portadoras do fator por jamais haverem produzido um bezerro defeituoso e por não possuírem em toda sua ascendência um parente siquer, portador, acasaladas com touros provadamente portadores nunca produziram bezerros com o defeito. Algumas fotografias ilustram o trabalho bem como alguns "pedigrees" de animais defeituosos e não defeituosos são discutidos. No final, o autor examina as medidas que se fazem necessárias para diminuir a porcentagem do aparecimento do defeito no plantel.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

1945-12-15

Como Citar

Veiga, J. S. (1945). Membros flexionados um fator hereditário sub-letal, recessivo simples, nas raças sebuinas Gir e Indubrasil. Revista Da Faculdade De Medicina Veterinária, Universidade De São Paulo, 3(1/2), 101-108. https://doi.org/10.11606/issn.2318-5066.v3i1/2p101-108

Edição

Seção

NÃO DEFINIDA