O hidroxinaftoato de befênio no tratamento da ascaridíase das galinhas (Gallus gallus domesticus L. 1788)

  • Gabriel de Carvalho Maugé Universidade de São Paulo, Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia, Departamento de Terapêutica, Farmacologia e Arte de Formular, São Paulo, SP
  • Milton Santos de Campos Universidade de São Paulo, Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia, Departamento de Zoologia Médica e Parasitologia, São Paulo, SP
Palavras-chave: O artigo não apresenta palavras-chave.

Resumo

Os autores apresentaram os resultados da ação do Hidroxinaftoato de befênio em aves previamente infestadas com ovos infestantes de Ascaridia galli (Schrank, 1788). O sal de befênio demonstrou ter ação nas doses de 10 e 20 mg "pro-die" durante 6 dias consecutivos nas fases pré-tissular, tissular e pós-tissular. A interpretação estatística indica que os resultados são os mesmos quer na dose de 10 mg ou de 20 mg.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
1963-12-13
Como Citar
Maugé, G., & Campos, M. (1963). O hidroxinaftoato de befênio no tratamento da ascaridíase das galinhas (Gallus gallus domesticus L. 1788). Revista Da Faculdade De Medicina Veterinária, Universidade De São Paulo, 7(1), 145-154. https://doi.org/10.11606/issn.2318-5066.v7i1p145-154
Seção
NÃO DEFINIDA