Pesquisa de pigmentos biliares e urobilinogênio urinários e nível de bilirrubinas séricas em cães normais e com hepatopatias

  • Pedro Manuel Leal Germano Universidade de São Paulo, Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia, Departamento de Medicina Veterinária Preventiva e Saúde Animal, São Paulo, SP
  • Mitika Kuribayashi Hagiwara Universidade de São Paulo, Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia, Departamento de Patologia e Clínica Médica, São Paulo, SP
Palavras-chave: Cães, Urina (exame), Pigmentos biliares, Bilirrubina sérica, Urobilino gênio, Hepatopatias

Resumo

Procurou-se relacionar a presença de pigmentos biliares e/ou urobilinogênio urinários, com a taxa de bilirrubina sérica em casos de hepatopatias, observando-se que a presença de pigmentos biliares associadas ou não à presença de urobilinogênio na urina, indica de modo geral comprometimento hepático.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
1975-12-15
Como Citar
Germano, P. M., & Hagiwara, M. (1975). Pesquisa de pigmentos biliares e urobilinogênio urinários e nível de bilirrubinas séricas em cães normais e com hepatopatias. Revista Da Faculdade De Medicina Veterinária E Zootecnia Da Universidade De São Paulo, 12(1), 241-246. https://doi.org/10.11606/issn.2318-3659.v12i1p241-246
Seção
ARTIGOS ORIGINAIS