Distribuição de helmintos do gênero Ascocotyle Loss, 1899 (Trematoda Fascioloidea Heterophydae - Ascocotylinae) no tubo gastrintestinal de cão

Autores

  • Edson de Barros Figueira de Mello Universidade de São Paulo, Instituto de Ciências Biomédicas, Departamento de Parasitologia, São Paulo, SP
  • Gabriel de Carvalho Maugê Universidade de São Paulo, Instituto de Ciências Biomédicas, Departamento de Parasitologia, São Paulo, SP
  • Milton Santos de Campos Universidade de São Paulo, Instituto de Ciências Biomédicas, Departamento de Parasitologia, São Paulo, SP
  • Uriel Franco Rocha Universidade de São Paulo, Instituto de Ciências Biomédicas, Departamento de Parasitologia, São Paulo, SP
  • Arlete Dell'Porto Universidade de São Paulo, Instituto de Ciências Biomédicas, Departamento de Parasitologia, São Paulo, SP

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.2318-3659.v14i2p239-242

Palavras-chave:

Helmintos, Cães, Sistema gastrintestinal (parasitas), Ascocotyle

Resumo

Foi estudada a distribuição de 1.478 exemplares de Ascocotyle sp ao longo dos tratos gastrintestinais de 45 cães de rua da cidade de São Paulo, utilizando para colheita dos parasitas a técnica descrita por MELLO & CAMPOS. Obtiveram a seguinte distribuição: 102 (6,9%) no duodeno; 1.332(90,1%) no jejuno anterior e 44 (3,0%) no jejuno posterior.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

1977-09-15

Como Citar

Mello, E. de B. F. de, Maugê, G. de C., Campos, M. S. de, Rocha, U. F., & Dell’Porto, A. (1977). Distribuição de helmintos do gênero Ascocotyle Loss, 1899 (Trematoda Fascioloidea Heterophydae - Ascocotylinae) no tubo gastrintestinal de cão. Revista Da Faculdade De Medicina Veterinária E Zootecnia Da Universidade De São Paulo, 14(2), 239-242. https://doi.org/10.11606/issn.2318-3659.v14i2p239-242

Edição

Seção

ARTIGOS ORIGINAIS