Ciclo reprodutivo de Salmo irideus Gibbons (Pisces, Salmoniformes) mantidos em sistema de cultivo intensivo: caracterização microscópica dos ovários

  • Agar Costa Alexandrino Instituto de Pesca, São Paulo, SP
  • Elza Ferreira Goldman Pinheiro Instituto de Pesca, São Paulo, SP
  • Yara Aiko Tabata Instituto de Pesca, São Paulo, SP
  • Maria Helena de Carvalho Instituto de Pesca, São Paulo, SP
Palavras-chave: histologia, peixes, ovários, ciclo estral

Resumo

Cinco exemplares de fêmeas adultas de Salmo irideus Gibbons foram coletados mensalmente, durante onze meses, para estudos microscópicos do ciclo reprodutivo. Para análise microscópica os ovários foram amostrados no seu terço medial e caudal e fixados em liquido de Bouin. Os resultados mostram que o ciclo reprodutivo das fêmeas de Salmo irideus pode ser classificado em maturação (inicial a avançada), reprodução e esgotado. Microscopicamente, na maturação inicial ocorra predominância de ovócitos em início de vitelogênese; na maturação avançada observa-se predominância de ovócitos na fase final de vitelogênese; no estádio de reprodução a maioria dos ovócitos estão maduros e nos exemplares esgotados, há predomínio de folículos vazios e ovócitos atrésicos. As ovogônias estão presentes em todos os estádios de desenvolvimento gonadal.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
1987-09-15
Como Citar
Alexandrino, A., Pinheiro, E., Tabata, Y., & Carvalho, M. (1987). Ciclo reprodutivo de Salmo irideus Gibbons (Pisces, Salmoniformes) mantidos em sistema de cultivo intensivo: caracterização microscópica dos ovários. Revista Da Faculdade De Medicina Veterinária E Zootecnia Da Universidade De São Paulo, 24(2), 157-168. https://doi.org/10.11606/issn.2318-3659.v24i2p157-168
Seção
CIÊNCIAS BÁSICAS