Vetores de Dermatobia hominis, Linnaeus Jr., 1761 (Diptera: cuterebridae) na região de Uberaba, Minas Gerais

  • Antonio Augusto Mendes Maia Universidade de São Paulo, Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia, São Paulo, SP
  • Abraão Garcia Gomes Empresa de Pesquisa Agropecuária de Minas Gerais, Belo Horizonte, MG
Palavras-chave: Diptera, Dermatobia hominis, Vetores de doenças, Uberaba, MG

Resumo

Vários dipteros são descritos na literatura como veiculadores de ovos de Dermatobia hominis. Com o objetivo de se conhecer estes dipteros na região de Uberaba, Minas Gerais, durante o período de julho de 1985 a agosto de 1966, foram feitas capturas com armadilhas de "McGoon”, utilizando como isca bezerros com idade aproximada de 6 meses. Três armadilhas foram colocadas em locais diferentes, uma próxima aos currais, outra em campo aberto e a última no interior de capoeiras. Foram realizadas capturas quinzenais diurnas e capturas bimensais noturnas. Um total de 46.252 exemplares de 23 famílias de dipteros foram capturados, com predominância de Sarcophagidae e Muscidae, com respectivamente 24.252 e 21.607 insetos. Foram capturados 14 dipteros com ovos de Dermatobia hominis, sendo 50% Musca domestica (Muscidae), 28,56% Sarcophagula sp (Sarcophaçidae), 14,30% Stomoxys calcitrans (Muscidae) e 7,14% Fannia sp (Fanniidae). Executando-se uma postura, as demais foram unilaterais, localizadas na região abdomina1 logo abaixo da asa dos dipteros; o número de ovos variou entre 10 e 52.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
1988-03-15
Como Citar
Maia, A. A., & Gomes, A. (1988). Vetores de Dermatobia hominis, Linnaeus Jr., 1761 (Diptera: cuterebridae) na região de Uberaba, Minas Gerais. Revista Da Faculdade De Medicina Veterinária E Zootecnia Da Universidade De São Paulo, 25(1), 47-51. https://doi.org/10.11606/issn.2318-3659.v25i1p47-51
Seção
CIÊNCIAS BÁSICAS