Diferentes formas de administração de ureia na alimentação de novilhas leiteiras

  • Edison Schalch Universidade de São Paulo, Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia, São Paulo, SP
  • Carlos de Souza Lucci Universidade de São Paulo, Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia, São Paulo, SP
  • Marcus Antonio Zanetti Universidade de São Paulo, Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia, São Paulo, SP
Palavras-chave: alimentação, bovinos, gado leiteiro, silagem, ureia

Resumo

Dezoito novilhas Holandesas, com idade de 12 a 15 meses, foram utilizadas em um delineamento em blocos casualizados durante 98 dias, com 3 tratamentos: silagem de milho (ad libitum) mais: A) mistura concentrada com ureia extrudada; B) mistura concentrada com ureia; C) mistura concentrada sem ureia. A mistura concentrada consistia de farelo de soja e milho. Os resultados n3o mostraram diferenças estatísticas (p>0,05) em ganho de peso, ingestão de MS da silagem e eficiência para todos os tratamentos. Os ganhos de peso diário foram: 0,597, 0,551 e 0,719 Kg. O consumo diário de silagem (com base na MS), foram 5,01; 5,24; e 5,58 Kg; e as ingestões de MS/Kg ganho peso foram 10,92, 12,49 e 9,26 Kg, para os tratamentos A, B e C respectivamente.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
1987-09-15
Como Citar
Schalch, E., Lucci, C., & Zanetti, M. (1987). Diferentes formas de administração de ureia na alimentação de novilhas leiteiras. Revista Da Faculdade De Medicina Veterinária E Zootecnia Da Universidade De São Paulo, 24(2), 217-224. https://doi.org/10.11606/issn.2318-3659.v24i2p217-224
Seção
ZOOTECNIA