Cotidiano e trabalho no bairro do Bexiga: uma hipótese a ser pensada (1906-1931)

  • Sheila Schneck Universidade de São Paulo
Palavras-chave: São Paulo, urbanização, bairros, trabalho, funções.

Resumo

No processo de expansão urbana sofrido pela cidade de São Paulo desde a segunda metade do século XIX, decorrente do desenvolvimento da economia cafeeira e da inserção do estado de São Paulo no mercado exportador, iniciativas orientadas por um zoneamento e especialização de usos e funções foram adotadas com o objetivo de adequar a capital paulista ao novo papel. Assim, parte das moradias e de segmentos do comércio, oficinas, fábricas e serviços menos nobres deslocaram-se em direção aos bairros vizinhos ao perímetro central. Este ensaio se propõe a conhecer e compreender de que maneira o bairro do Bexiga se inseriu no movimento de reespacialização social e das funções urbanas – seu papel na reconfiguração da cidade –, assim como suas conexões com o espaço urbano mais amplo.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2016-12-31
Como Citar
Schneck, S. (2016). Cotidiano e trabalho no bairro do Bexiga: uma hipótese a ser pensada (1906-1931). Revista Do Instituto De Estudos Brasileiros, (65), 72-95. https://doi.org/10.11606/issn.2316-901X.v0i65p72-95
Seção
Dossiê Dinâmicas de urbanização e representações espaciais: abordagem geo-histórica dos territórios com SIG