Regionalismo e variação linguística

uma reflexão sobre a linguagem caipira nos causos de Geraldinho

Palavras-chave: Regionalismo, variação linguística, caipira, Geraldinho

Resumo

O artigo tem por objetivo refletir sobre fenômenos linguísticos que cercam a linguagem caipira, através dos causos de Geraldo Policiano Nogueira, típico sertanejo do interior de Goiás. Realizamos um levantamento bibliográfico para analisar a linguagem, a cultura e a sociedade, numa abordagem sociolinguística, apontando para o preconceito em relação ao modo de falar de muitas variantes culturais: o falar caipira, que – analisado por meio da escuta, com transcrição de análise de alguns dos causos de Geraldinho – reflete um contexto de vida de inúmeros sujeitos da região. A discussão ainda se dá em torno da imagem do caipira que se projetou em Goiás, procurando correlacioná-la à história regional. Consideramos necessário uma mudança de perspectiva em relação às variedades presentes na língua portuguesa para contribuir com a compreensão histórica, social e cultural das diferenças entre os falares urbanos e rurais.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Julienni Lopes de Sousa, Universidade Estadual de Goiás (UEG, Jussara, GO, Brasil)

Pós-graduada em Cultura, Identidade e Região pela Universidade Estadual de Goiás (UEG – campus Jussara).

Luana Nunes Martins de Lima, Universidade Estadual de Goiás (UEG, Itapuranga, GO, Brasil)

Doutora em Geografia pela Universidade de Brasília (UnB) e professora do curso de Geografia da Universidade Estadual de Goiás (UEG – campus Itapuranga).

Publicado
2019-04-17
Como Citar
Sousa, J., & Lima, L. (2019). Regionalismo e variação linguística. Revista Do Instituto De Estudos Brasileiros, (72), 63-82. https://doi.org/10.11606/issn.2316-901X.v0i72p63-82
Seção
Artigos