Modelos críticos

Antonio Candido e Roberto Schwarz leem Oswald de Andrade

Palavras-chave: Antonio Candido, Roberto Schwarz, Oswald de Andrade, teoria crítica

Resumo

Este artigo visa discutir as interpretações da obra de Oswald de Andrade urdidas por Antonio Candido e Roberto Schwarz, tendo em vista as diferenças entre elas, bem como os contornos que cada um dos “modelos” de crítica literária assume ao debruçar-se sobre o mesmo autor.  

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Bruna Della Torre, Universidade de São Paulo (USP, São Paulo, SP, Brasil)

Bruna Della Torre é pós-doutoranda no Departamento de Teoria Literária e Literatura Comparada da Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo (DTLLC/FFLCH/USP), com apoio da Capes, editora-executiva da revista Crítica Marxista e autora de Vanguarda do atraso ou atraso da vanguarda? Oswald de Andrade e os teimosos destinos do Brasil (Alameda, 2012).

Publicado
2019-12-10
Como Citar
Torre, B. (2019). Modelos críticos. Revista Do Instituto De Estudos Brasileiros, (74), 178-196. https://doi.org/10.11606/issn.2316-901X.v0i74p178-196
Seção
Dossiê: Leituras, leitores e lugares de Roberto Schwarz