Tradição e revolução

Mário de Andrade e o patrimônio histórico e artístico nacional

Palavras-chave: Mário de Andrade, patrimônio histórico e artístico, Modernismo

Resumo

Este artigo tem como foco as ideias de Mário de Andrade sobre a importância do patrimônio histórico e artístico nacional. Defende-se que a posição do escritor é informada por uma perspectiva vanguardista e revolucionária. Nesse quadro, a tradição não vale por si mesma, mas na medida em que comporta um aproveitamento contemporâneo e transformador, tanto na esfera artística quanto na esfera política.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Pedro Fragelli, Universidade de São Paulo

Pedro Fragelli é doutor em Literatura Brasileira pela Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo (FFLCH/USP) e pós-doutorando no Instituto de Estudos Brasileiros (IEB/USP).

Publicado
2020-04-28
Como Citar
Fragelli, P. (2020). Tradição e revolução. Revista Do Instituto De Estudos Brasileiros, 1(75), 144-161. https://doi.org/10.11606/issn.2316-901X.v1i75p144-161
Seção
Artigos