Imigrantes japoneses em Marco zero e Amar, verbo intransitivo

  • Roberto Akira Goto Universidade Estadual de Campinas Unicamp
Palavras-chave: Japoneses, brasileiros, imigrantes

Resumo

Este artigo analisa as imagens que Marco zero, de Oswald de Andrade, e Amar, verbo intransitivo, de Mário de Andrade, projetam dos imigrantes japoneses, contra o pano de fundo de suas relações com o povo brasileiro. Tal análise leva em conta a caracterização dos personagens nipônicos pelos romancistas, sobretudo no que diz respeito às suas individualidades.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Roberto Akira Goto, Universidade Estadual de Campinas Unicamp
Professor doutor do Departamento de Filosofia e História da Educação da Faculdade de Educação da Universidade Estadual de Campinas Unicamp
Publicado
2012-09-01
Como Citar
Goto, R. (2012). Imigrantes japoneses em Marco zero e Amar, verbo intransitivo. Revista Do Instituto De Estudos Brasileiros, (55), 149-164. https://doi.org/10.11606/issn.2316-901X.v0i55p149-164
Seção
Artigos