Luís Saia e a evolução arquitetônica regional: da morada paulista às práticas de proteção ao patrimônio cultural nacional

Autores

  • Walter Francisco Figueiredo Lowande Universidade Estadual de Campinas

DOI:

https://doi.org/10.11606/issn.1984-4506.v0i18-19p41-60

Palavras-chave:

Luís Saia, História da Arquitetura, Patrimônio Cultural

Resumo

Neste artigo trato das ações federais de proteção ao patrimônio cultural em São Paulo, com destaque à figura de Luis Saia, tomando como eixo central da reflexão a produção historiográfica que forneceu sentido e efetividade a esse conjunto de práticas. Pretendo demonstrar como a produção de uma narrativa relacionada à noção de “evolução cultural paulista” permitiu orientar um conjunto de práticas preservacionistas, num longo período que se inicia com uma frustração inicial dos projetos intelectuais paulistas sob a liderança de Mário de Andrade e deságuam num momento em que a expansão urbana cobrava novos significados ao patrimônio cultural nacional.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Walter Francisco Figueiredo Lowande, Universidade Estadual de Campinas

Historiador, doutorando do Programa de Pós-Graduação em História do Instituto de Filosofia e Ciências Humanas da Universidade Estadual de Campinas

Downloads

Publicado

2014-12-30

Como Citar

Lowande, W. F. F. (2014). Luís Saia e a evolução arquitetônica regional: da morada paulista às práticas de proteção ao patrimônio cultural nacional. Risco - Revista De Pesquisa Em Arquitetura E Urbanismo, (18-19), 41-60. https://doi.org/10.11606/issn.1984-4506.v0i18-19p41-60

Edição

Seção

Leituras sobre Luís Saia