Lina Bo Bardi reloaded: vestígios, memórias, latências

  • Ana Carolina de Souza Bierrenbach Universidade Federal da Bahia
  • Eduardo Pierrotti Rossetti Universidade de Brasilia
Palavras-chave: Lina Bo Bardi, Salvador, Patrimônio

Resumo

O artigo aborda a obra de Lina Bo Bardi em Salvador, explorando as transformações que tanto as obras de arquitetura, como o projeto urbano para o Centro Histórico sofreram nos últimos 25 anos. Assim, entre a concepção e a situação atual do quadro da cidade é possível recuperar o sentido de comemorar o centenário de Lina Bo Bardi sem incorrer em nostalgia, apontando para uma investigação crítica das transformações, para as quais concorrem as abordagens sobre a gestão da cidade e de seu espaço público. Interessa fomentar uma discussão para retomar criticamente a obra e as questões de Lina Bo Bardi sem ignorar os processos de destruição de sua obra.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Ana Carolina de Souza Bierrenbach, Universidade Federal da Bahia
Arquiteta e urbanista, historiadora, professora doutora da Faculdade de Arquitetura da Universidade Federal da Bahia, Rua Caetano Moura, 121, Federação, CEP 40210-905, Salvador, Bahia
Eduardo Pierrotti Rossetti, Universidade de Brasilia
Arquiteto e urbanista, professor doutor e pesquisador da Faculdade de Arquitetura e Urbanismo da Universidade de Brasilia, Campus Universitário Darcy Ribeiro, Asa Norte, CEP 70904-970, Brasília, DF, (61) 3107-7441
Publicado
2014-07-12
Como Citar
Bierrenbach, A., & Rossetti, E. (2014). Lina Bo Bardi reloaded: vestígios, memórias, latências. Risco: Revista De Pesquisa Em Arquitetura E Urbanismo (Online), (20), 74-86. https://doi.org/10.11606/issn.1984-4506.v0i20p74-86
Seção
Núcleo temático