PERCEPÇÕES DO FENÔMENO URBANO NO SÉCULO XIX SOB A ÓTICA LITERÁRIA DE VICTOR HUGO EM “OS MISERÁVEIS”

Palavras-chave: cidade moderna, Paris no século XIX, Os Miseráveis

Resumo

Este trabalho apresenta reflexões sobre a contribuição da literatura na representação da cidade moderna e na construção do imaginário urbano através da interpretação da cidade de Paris sob o olhar de Victor Hugo na obra “Os Miseráveis”. Paris torna-se modelo da metrópole e a capital do século XIX, representa o progresso do avanço científico e tecnológico e lócus da vida moderna. Através de uma perspectiva imaginária e simbólica, Hugo contempla a cidade como palco e personagem e descreve as contradições das relações e conflitos por meio da representação das mazelas sociais e das novas condições da vida urbana parisiense.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Amanda Carvalho Maia, Universidade Estadual de Campinas - UNICAMP
Mestranda no Programa de Pós- Graduação do ATC - Arquitetura, Tecnologia e Cidade (UNICAMP). Graduada em Arquitetura e Urbanismo pela Universidade Metodista de Piracicaba (2015).Pesquisadora do LOTE - Grupo de Pesquisa em Estudos de Urbanização e Regularização Urbana, certificado pelo CNPq. Principais áreas/temáticas de interesse: Políticas públicas (urbana e fundiária), Produção do espaço urbano e Desenvolvimento urbano local e Regional.
Publicado
2017-12-02
Como Citar
Maia, A. (2017). PERCEPÇÕES DO FENÔMENO URBANO NO SÉCULO XIX SOB A ÓTICA LITERÁRIA DE VICTOR HUGO EM “OS MISERÁVEIS”. Risco Revista De Pesquisa Em Arquitetura E Urbanismo (Online), 15(1), 114-124. https://doi.org/10.11606/issn.1984-4506.v15i1p114-124
Seção
Artigos e Ensaios