Foco e Escopo

Propiciar o avanço e aprimoramento da prática de medicina multidisciplinar.

A Revista Medicina (Ribeirão Preto. Online) é uma publicação eletrônica trimestral que inclui: artigos de pesquisa originais, revisões, suplementos temáticos, casos clínicos, reflexões, pontos de vista, temas de ensino médico, descrição de métodos e técnicas, gestão em organizações de saúde e avaliações de tecnologia em saúde.

Cobertura Temática: Medicina e áreas afins.

Público Alvo: Estudantes de graduação e pós-graduação, médicos residentes, assistentes e docentes do sistema médico-universitário e profissionais de áreas afins (enfermagem, fisioterapia, fonoaudiologia, gestão em saúde, nutrição, educação física, entre outros). 

 

Periodicidade

Trimestral 

 

Política de Acesso Livre

Esta revista oferece acesso livre imediato ao seu conteúdo, seguindo o princípio de que disponibilizar gratuitamente o conhecimento científico ao público proporciona maior democratização mundial do conhecimento.

 

Fontes de Indexação

LILACS

SCOPUS

 

Histórico

Editada pelo Departamento Científico do Centro Acadêmico Rocha Lima da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo, lançou seu primeiro exemplar em 1961.

No período de 1965-1970, fundiu-se com Revista de Medicina (São Paulo), publicação do Centro Acadêmico Oswaldo Cruz da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo.

Em 1972, contou com a coparticipação do Hospital das Clinicas da FMRP.

A partir de 1989 passou a ser editada pela Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto/USP e Hospital das Clinicas da FMRP/USP. Publicada trimestralmente com o objetivo de divulgação do conhecimento científico na área médica, através da publicação de Artigos Originais, Revisões, Simpósios Temáticos, Casos Clínicos, Pontos de Vista, Descrição de Métodos, Técnicas, Temas de Ensino Médico, Resumos de Dissertações e Teses de Pós-Graduação e Trabalhos Apresentados em Eventos Científicos. Seu público-alvo principal são estudantes de graduação e pós-graduação em Medicina, médicos residentes, assistentes e docentes do sistema médico-universitário.