Portal da USP Portal da USP Portal da USP

DEFINIÇÕES DE PONTOS CRANIOMÉTRICOS EM IMAGENS MULTIPLANARES DE RESSONÂNCIA MAGNÉTICA (RM) PARA FINS DE RECONSTRUÇÃO FACIAL FORENSE

Welson D. F. Santos, Paula R. B. Diniz, Antonio C. Santos, Carmen C. S. Martin, Marco A. Guimarães

Resumo


A reconstrução facial pode ser uma ferramenta útil dentro do processo de identifica ção médico-legal. O método tem apresentado uma evolução contínua ao longo dos anos, tornando-se mais acurado. A sua fidelidade deve-se em parte as medidas de tecidos moles que são empregadas para se reconstituir o rosto a partir de um crânio. A proposta deste estudo foi a de investigar e conhecer dados sobre a correta localização e definição de 22 pontos craniométricos estabelecidos na literatura a partir de estruturas anatômicas e adaptá-los para imagens obtidas em exames digitais de ressonância magnética (RM), de forma a permitir a futura mensura ção da espessura dos tecidos moles crânio-faciais de brasileiros vivos com alta precisão e confiabilidade. Ficou evidenciada a necessidade de mudança na forma de localizar as referências anatômicas ósseas e seus correspondentes em tecidos moles, especialmente em três pontos, onde o conhecimento detalhado de anatomia dental é requerido. O estabelecimento dessas definições poderá fundamentar as bases da elaboração de uma tabela antropomórfica contendo as espessuras de tecidos moles da face de brasileiros com vista à aplicação em reconstituição facial forense, para preencher esta lacuna do conhecimento médico-legal no Brasil.


Palavras-chave


Medicina Legal. Pontos Craniométricos. Tecidos Moles. Face. Reconstrução Facial.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.11606/issn.2176-7262.v41i1p17-23

Métricas do Artigo

Carregando métricas...

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.