A Dimensão Oferta à Luz do Radar da Inovação: um estudo sobre o desempenho de agências de turismo do Recife-PE no período de 2012 a 2016

Palavras-chave: Oferta, Radar da Inovação, Agências de turismo, Recife-PE

Resumo

Diagnosticar o grau de inovação empresarial se mostra uma necessidade para a melhoria do desempenho organizacional. No entanto, essa prática ainda é pouco desenvolvida em micro e pequenas empresas de turismo e carece de investigações no campo acadêmico. Assim, este artigo busca analisar o desempenho quanto ao grau de inovação de agências de turismo do Recife com foco na dimensão oferta à luz de uma ferramenta chamada Radar da Inovação (RI). Os dados foram coletados no período de agosto de 2012 a junho de 2016. A pesquisa se caracteriza como exploratória e descritiva, contando com tratamento e análise de dados sob abordagens quantitativa e qualitativa. Considerando a classificação feita por Bachmann e Destefani em 2008, verificou-se que a maioria das empresas investigadas apresentou aumento nos escores, passando da condição de “pouco ou nada inovadoras” para “inovadoras ocasionais ou sistêmicas”, tanto com base nos resultados do grau de inovação global quanto nos escores da dimensão oferta. Constatou-se que, apesar dos avanços, ainda persistem barreiras que limitam a capacidade inovadora dessas agências.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Jussara Danielle Martins Aires, Universidade de Aveiro
Bacharel em Turismo e Mestre em Ciências Sociais pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte, Brasil. Doutoranda em Turismo pela Universidade de Aveiro, Portugal.
Publicado
2018-04-19
Como Citar
Aires, J. (2018). A Dimensão Oferta à Luz do Radar da Inovação: um estudo sobre o desempenho de agências de turismo do Recife-PE no período de 2012 a 2016. Revista Turismo Em Análise, 29(1), 89-107. https://doi.org/10.11606/issn.1984-4867.v29i1p89-107
Seção
Artigos e Ensaios