Competitividade de destinações turísticas: elementos e indicadores aplicados no estudo da administração turística de Balneário Camboriú - SC, Brasil

  • Helena Araújo Costa Universidade de Brasília
  • Valmir Emil Hoffmann Universidade do Vale do Itajaí (UNIVALI)
Palavras-chave: administração de destinações turísticas, competitividade, cooperação, Balneário Camboriú, Santa Catarina, Brasil.

Resumo

O trabalho considera a administração da destinação turística e as relações entre os diversos atores sociais como elementos de competitividade, tendo como objetivo caracterizar a administração do turismo em Balneário
Camboriú, aplicando uma adaptação dos indicadores de competitividade do modelo de Dwyer e Kim (2003). É proposta uma triangulação sobre competitividade em empresas, nações e setores, seguida por modelos de competitividade em destinações turísticas. A metodologia consistiu em uma abordagem qualitativa, com coleta de dados primários por meio de entrevistas semi-estruturadas. Os resultados permitem inferir que a administração turística local não apresenta suficiente integração entre os setores para que possa ser apontada como elemento de competitividade.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Helena Araújo Costa, Universidade de Brasília
Administradora de Empresas pela Universidade de Brasília - UnB; mestre em Turismo e Hotelaria pela Universidade do Vale do Itajaí - UNNALI; doutoranda em Desenvolvimento Sustentável- Centro de Desenvolvimento Sustentável na UnB. Professora do Centro de Excelência em Turismo da UnB - CET/UnB.
Valmir Emil Hoffmann, Universidade do Vale do Itajaí (UNIVALI)
Doutor em Ciências Empresariais pela Universidad de Zaragoza, Espanha. Professor titular no Programa de Mestrado Acadêmico em Turismo e Hotelaria da Universidade do Vale do Itajaí - UNIVALI.
Publicado
2006-08-18
Como Citar
Costa, H., & Hoffmann, V. (2006). Competitividade de destinações turísticas: elementos e indicadores aplicados no estudo da administração turística de Balneário Camboriú - SC, Brasil. Revista Turismo Em Análise, 17(2), 135-154. https://doi.org/10.11606/issn.1984-4867.v17i2p135-154
Seção
Artigos e Ensaios