A Experiência Turística e o Turismo de Experiência: um estudo sobre as dimensões da experiência memorável

  • Eduardo Pezzi Universidade de Caxias do Sul (UCS)
  • Silvio Luiz Gonçalves Vianna Universidade Caxias do Sul
Palavras-chave: Turismo, Turismo de experiência, Experiência turística memorável, Demanda turística, Gramado (RS)

Resumo

Este artigo apresenta uma discussão entre teorias advindas da Antropologia, do Marketing e do Turismo, em especial sobre a temática relacionada à antropologia e economia da experiência, no intuito de analisar as dimensões da experiência, definidas por Pine II e Gilmore (1999) e Oh, Fiore e Jeoung (2007), que permitiram compreender a experiência dos turistas que visitaram Gramado (RS) nos anos de 2010 e 2011. Para alcançar o objetivo proposto foi realizada uma pesquisa exploratória de caráter descritivo que possibilitou a seleção, por meio de métodos quantitativos, de um conjunto de turistas oriundos de São Paulo (Capital) e que estiveram em Gramado (RS) entre os anos de 2010 e 2011, aos quais foi aplicada uma pesquisa qualitativa. Como principais constatações, percebeu-se que as dimensões estética, hospitalidade e entretenimento foram classificadas como as mais importantes para a formação de uma experiência memorável e, além disso, emergiram novas dimensões a partir da entrevista em profundidade com os turistas selecionados.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Eduardo Pezzi, Universidade de Caxias do Sul (UCS)
Graduação em Administração com habilitação em Marketing. Especialista em Marketing Estratégico. Mestre em Turismo.
Silvio Luiz Gonçalves Vianna, Universidade Caxias do Sul
Doutor em Administração e Turismo pela Universidade do Vale do Itajaí
Publicado
2015-03-01
Como Citar
Pezzi, E., & Vianna, S. (2015). A Experiência Turística e o Turismo de Experiência: um estudo sobre as dimensões da experiência memorável. Revista Turismo Em Análise, 26(1), 165-187. https://doi.org/10.11606/issn.1984-4867.v26i1p165-187
Seção
Artigos e Ensaios