Curso Superior de Tecnologia em Gestão de Turismo: empregabilidade, perspectivas e percepções do egresso do IFSP

  • Glauber Eduardo de Oliveira Santos
  • Brenno Vitorino Costa
  • Rafaela Camara Malerba
Palavras-chave: Educação, Ensino superior, Tecnologia em Gestão de Turismo, Egressos, Mercado de trabalho.

Resumo

O surgimento dos cursos superiores de tecnologia em Gestão de Turismo alterou substancialmente o cenário da educação superior em Turismo no Brasil. Contudo, poucas informações a respeito da empregabilidade, perspectivas e percepções dos egressos desses cursos estão disponíveis. Com vistas a contribuir para o planejamento e orientação dos cursos de tecnologia em Turismo, este artigo apresenta os resultados de uma pesquisa realizada com os egressos do curso de Tecnologia em Gestão de Turismo do campus São Paulo do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de São Paulo (IFSP). A pesquisa coletou dados junto a 338 ex-alunos acerca de suas relações com o mercado de trabalho, sequência de estudos e percepções sobre o curso. Os resultados apresentados destacam que os egressos do IFSP têm alcançado altos níveis de empregabilidade. Dentre os principais motivos que afastam alguns deles da área profissional do turismo estão o fato de o indivíduo já estar estabelecido em outra área e a baixa remuneração. Nota-se também que a taxa de empregabilidade dos egressos tem aumentado ao longo do tempo, fato que pode estar associado não apenas ao aprimoramento do curso, como também ao processo de formação de reconhecimento do curso pelas empresas do mercado. As principais atividades empregadoras dos egressos são agenciamento de viagens, eventos, hotelaria e companhias aéreas. Os egressos que atuam profissionalmente na área de turismo se mostram relativamente satisfeitos com seus trabalhos.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Glauber Eduardo de Oliveira Santos
Bacharel e mestre em Turismo pela Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo (ECA-USP) e doutor em Economia do Turismo e do Meio Ambiente pela Universidade das Ilhas Baleares (Espanha). Professor do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de São Paulo (IFSP)
Brenno Vitorino Costa
Bacharel em Turismo pela ECA-USP, especialista em Ecoturismo pelo SENAC-SP e mestre em Hospitalidade pela Universidade Anhembi Morumbi. Coordenador e professor do curso de Tecnologia em Gestão de Turismo do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de São Paulo (IFSP).
Rafaela Camara Malerba
Licenciada em Letras pela PUC/SP. Bacharel em Turismo e especialista em Gestão Mercadológica de Turismo e Hotelaria pela ECA-USP. Mestre em Hospitalidade pela Universidade Anhembi Morumbi. Professora do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de São Paulo (IFSP).
Publicado
2015-12-28
Como Citar
Santos, G., Costa, B., & Malerba, R. (2015). Curso Superior de Tecnologia em Gestão de Turismo: empregabilidade, perspectivas e percepções do egresso do IFSP. Revista Turismo Em Análise, 26(3), 719-742. https://doi.org/10.11606/issn.1984-4867.v26i3p719-742
Seção
Artigos e Ensaios