Terapia Ocupacional na Atenção Básica: a construção de uma prática

  • Adriana Miranda Pimentel Universidade Federal da Bahia; Instituto de Humanidades, Artes e Ciências Professor Milton Santos
  • Maria Tereza Baraúna da Costa Escola Bahiana de Medicina e Saúde Pública
  • Fernanda Reis de Souza Programa de Residência Multiprofissional em Saúde da Família e Comunidade
Palavras-chave: Atenção Primária Básica, Terapia ocupacional, Pessoas com deficiência, Formação de recursos humanos, Pessoas^i1^seduca, Capacitação profissional

Resumo

Trata-se de experiência de estágio de Terapia Ocupacional na Atenção Básica desenvolvida no Curso de Terapia Ocupacional da Escola Bahiana de Medicina e Saúde Pública em Salvador, na Bahia. O estágio teve início no ano de 2008 em um Centro de Saúde da cidade, fruto de atividades de ensino, pesquisa e extensão do grupo de pesquisa "Modos de Vida e Territórios Urbanos" e constituiu um campo de estudos e práticas voltado para pessoas com deficiência em seus contextos próprios de vida. A partir disto, os estagiários avaliaram e acompanharam pessoas de uma microárea identificadas pela pesquisa, assim como planejaram e realizaram ações do âmbito domiciliar ao territorial. A experiência proporcionou maior integração ensino-serviço, visto que foi respaldada por uma prática condizente com as limitações e possibilidades tanto das pessoas com deficiência quanto do serviço. Proporcionou, também, mudanças na maneira de ver e atuar dos estudantes em dado território.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2011-08-01
Como Citar
Pimentel, A., Costa, M., & Souza, F. (2011). Terapia Ocupacional na Atenção Básica: a construção de uma prática . Revista De Terapia Ocupacional Da Universidade De São Paulo, 22(2), 110-116. https://doi.org/10.11606/issn.2238-6149.v22i2p110-116
Seção
Artigo Original