A orientação à família de pessoas com deficiência visual como recurso de intervenção do terapeuta ocupacional

  • Karine Krameck Universidade Federal do Paraná, Hospital de Clínicas
  • Gabriela Cordeiro Corrêa do Nascimento Universidade Federal do Paraná, Departamento de Terapia Ocupacional
Palavras-chave: Terapia ocupacional, Pessoas com deficiência visual, Relações profissional-família.

Resumo

A deficiência visual gera implicações à pessoa e ao sistema familiar. À medida que a família é apoiada e fortalecida, esta pode se tornar o eixo fundamental para o desenvolvimento e a participação social do membro familiar com deficiência visual. Com essa finalidade, o terapeuta ocupacional é um profissional capacitado a utilizar o recurso da orientação para intervir junto as família dessas pessoas. Este estudo buscou identificar a intervenção de terapeutas ocupacionais do município de Curitiba/PR voltada à orientação de pais e/ou cuidadores de pessoas com deficiência visual, por meio de uma pesquisa qualitativa exploratória e descritiva. Os resultados apontaram para a importância da orientação como possibilidade de intervenção do terapeuta ocupacional, evidenciando a relação dessa abordagem com a participação familiar e a contribuição para o desenvolvimento da pessoa com deficiência visual. Foram observadas dificuldades encontradas na prática profissional e restrições que os profissionais enfrentam para efetivar a realização das orientações relacionadas às regras institucionais. Os resultados obtidos corroboram com a literatura, entretanto destaca-se a necessidade de dar continuidade a pesquisas referentes à temática, visto a escassez de material teórico nessa área.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Karine Krameck, Universidade Federal do Paraná, Hospital de Clínicas
Terapeuta Ocupacional graduada pela Universidade Federal do Paraná, residente do Programa de Residência Multiprofissional em Atenção Hospitalar - Saúde da Mulher - HC/UFPR
Gabriela Cordeiro Corrêa do Nascimento, Universidade Federal do Paraná, Departamento de Terapia Ocupacional
Docente do Departamento de Terapia Ocupacional da Universidade Federal do Paraná na área de Desenvolvimento e contextos escolares.
Publicado
2015-04-24
Como Citar
Krameck, K., & Nascimento, G. (2015). A orientação à família de pessoas com deficiência visual como recurso de intervenção do terapeuta ocupacional. Revista De Terapia Ocupacional Da Universidade De São Paulo, 26(1), 128-135. https://doi.org/10.11606/issn.2238-6149.v26i1p128-135
Seção
Artigo Original