Salários, Preços e Crescimento Desequilibrado

  • Werner Baer Universidade de Vanderbilt
  • Ben Bolch Universidade de Vanderbilt
  • John Marshall Universidade de Vanderbilt

Resumo

A relação entre aumentos salariais, inflação de preços, e diferentes taxas de crescimento de produtividade tem somente recebido esporádica atenção. Em 1956, J R. Hicks observou que a velha noção de estabilidade, a qual requeria salários monetários constantes e baixa dos preços monetários em face dos aumentos de produtividade, perdeu sua atualidade- 1 Sua substituta, a “nova estabilidade”, requerendo elevação dos salários monetários e preços monetários constantes sob as mesmas condições pareceu a Hicks ser uma receita perigosa para a inflação perpétua. A dificuldade, domo êle a observou, estava radicada nos efeitos secundários do aumento salarial. Supomos que um aumento de produtividade em uma indústria seja completamente refletido por um aumento de salário monetário.

Downloads

Não há dados estatísticos.
Publicado
2018-02-09